segunda-feira, 11 de outubro de 2010

"Historia da Maquiagem"

Olá bonecas!
Vocês já perceberam que hoje em dia se fala muito mais de maquiagem e se usa muito mais?! É incrível o poder das marcas e dos produtos! Os nomes tem poder, me diga se você não treme só de ouvir os nomes Lancôme, Bourjois, M.A.C, Clinique e etc.... Eu fico toda alvoroçada só de ouvir! igual gato quando se arrepia sabe? lol....
Pois bem, os dados não deixam mentir, a maquiagem e os produtos cosméticos em geral tem impulsionado a economia mundial! São bilhões de reais de crescimento nos últimos anos e só no seguimento porta a porta. As chamadas formiguinhas da Avon, Natura, Mary kay, forever e etc, tem alavancado a economia do Brasil! e isso só nesse segmento, fora as lojas especializadas que tem de montão. As mulheres ficaram mais vaidosas claro! mas, isso mostra também o crescimento financeiro da mulher no mundo, não só em lugares no mercado, mas o nível do salário que subiu muito! E vamos combinar, produto bom não é barato né? tem pra todos os bolsos mas no geral não é algo muito acessível a todas as mulheres,da pra comprar nem que seja um batonzinho dá! mas ainda não é um mercado muito democrático. De uns tempos pra cá os Esmaltes também ganharam muito destaque em todos os canais de comunicação e virou mania mundial! tem esmalte que chega a cem reais por ai, e tem gente que paga também! Por isso fiquei curiosa pra saber de onde e de quando vem esse costume na historia da humanidade, você sabe? Fiz uma pequena pesquisa e vou compartilhar com vocês os resultados ok? Leiam que é muito interessante! vou tentar resumir pq é muita informação depois vcs me falam o que acharam ok?

Os registros mais antigos na historia são do Egito antigo por volta de 3000 a.c.A maquiagem era considerada uma arte entre os egípcios, para eles a maquiagem, que se resumia a pintar os olhos e marcar as sobrancelhas, era uma forma de distinção social e hierárquica. Cleópatra foi a mulher pioneira nesse assunto,era considerada o ideal de beleza daquela época, foi a primeira mulher a usar batom, se banhar em leite, cobrir a pele com argila e pintar os olhos com pó de Kohl! O kohl era um pigmento preto, uma mistura do mineral malaquita, carvão, e cinzas (ainda hj usado na fabricação de sombras) e era usado para sublinhar o contorno dos olhos e escurecer os cílios e sobrancelhas. Existiam três produtos básicos na maquiagem naquela época que eram: o batom o rouge e a sombra.
 O blush era extraído de raízes vegetais e misturado a uma gordura animal pra dar o aspecto de “saúde” a pele das aristocratas e realezas e nos povos em geral cada um de um jeito e com um propósito! na Roma Antiga, as mulheres misturavam ingredientes como papa de cevada, chifre de veado moído, mel e salitre para produzir pastas à base de gordura que eram aplicadas nos lábios, como um batom primitivo. Mas, nessa época, isso servia mais para proteger os lábios do ressecamento do que para embelezá-los. 
E as cores de onde vinham?
Vermelho
Na antiguidade, maquiagens com esse tom continham óxido de ferro, tirado de rochas moídas
Preto
A cor vinha de compostos contendo elementos básicos, como carvão, cinzas e fuligem
Verde
Era obtido a partir de um minério de cobre chamado malaquita, que tem coloração esverdeada
Amarelo e ocre
A principal matéria-prima usada para produzir esses tons era a argila.

Desse tempo pra cá a maquiagem passou por muitos processos, a época romana em que as mulheres eram repudiadas pelos homens pelo fato da maquiagem ser muito pesada e de escorrer pelo corpo das mulheres e assim "macular" a beleza delas, passou pela época religiosa de preconceito com as mulheres que pintavam o rosto.Os líderes religiosos expressavam sua indignação contra o uso de artifícios coloridos. No relato de São Jerônimo fica evidente a reprovação do ato de maquilar-se, visto como força do mal e da impureza. "...O que faz essa coisa púrpura e branca no rosto de uma mulher cristã, atiçadores da juventude, fomentadores da luxúria, e símbolos de uma alma impura?..."(ainda bem que ele não vive no mundo de hj! ia ficar horrorizado com a lady gaga! ahuahuahua)

No final do século XVIII, o Parlamento inglês recebeu a proposta de uma lei que tentava impor sobre as mulheres a mesma penalidade por adorno que era imposta por bruxaria. O termo desobrigava de suas responsabilidades os maridos que haviam casado com uma "máscara falsa": "Todas as mulheres que à partir deste ato tirarem vantagem, seduzirem ou atraírem ao matrimonio qualquer súdito de Sua Majestade por meio de perfumes, pinturas, cosméticos, loções, dentes artificiais, cabelo falso, lã de Espanha, espartilhos de ferro, armação para saias, sapatos altos ou anquilhas, ficam sujeitas à penalidade da lei que agora entra em vigor contra a bruxaria e contravenções semelhantes e que o casamento, se condenadas, seja anulado..." É hilária a carta publicada no jornal britânico The Spectator, no ano 1711, onde um marido aflito desabafa... "Senhor, estou pensando em largar minha mulher e acredito que quando o senhor considerar o meu caso, a sua opinião será a de que minhas pretensões ao divórcio são justas.
Nunca um homem foi tão apaixonado como eu pela sua fronte, pescoço e braços alvos, assim como a cor azeviche de seus cabelos. Mas para meu espanto descobri que era tudo feito de arte: sua pele é tão opaca com esta prática, que quando acordou de manhã, mal parecia jovem o suficiente para ser mãe de quem levei para a cama na noite anterior. Tomarei a liberdade de deixá-la na primeira oportunidade, à menos que seu pai torne sua fortuna apropriada às suas verdadeiras , e não supostas, feições..." O rei Henrique VII mandava os pintores retratarem suas pretendentes matrimoniais, pedindo também às pessoas que cercavam a rapariga que respondessem um extenso questionário sobre a futura esposa.(e isso continua até hoje! que homem nunca foi enganado por uma boas maquiagem? lol!)
As instruções previam saber como era o rosto, se estava pintada e se havia algo "perto dos lábios", referindo-se ao uso de batons e brilhos. Elizabeth I, a rainha virgem, que assim ficou famosa por ter morrido sem se casar, usou até o final de seus dias as faces cobertas de branco, as maçãs pintadas com círculos vermelhos bem definidos e a cabeça coberta por uma peruca de cabelo ruivo e dourado.
Nessa época as mulheres não eram muitos "dadas" a higiene pessoal e ai que a maquiagem e os perfumes entravam como arma principal para "disfarçar" os odores! No século XIX isso tudo mudou e a moda e a maquiagem começaram a conquistar seu lugar no mundo e na vida das pessoas.

O primeiro estilista surgiu no século XIX, quando um verdadeiro artista traz uma nova fonte de prestígio à moda; Charles Frederick Worth abriu sua loja em Paris em 1858, para vender modelos de casacos e sedas de primeira classe. A imperatriz Eugénie, esposa de Napoleão III era sua mais famosa cliente. Em 1885 é fundada a Chambre Syndicale de la Couture Parisienne, regulamentando a arte da alta costura. Paul Poiret, Madeleine Vionnet, Coco Chanel, Christian Dior, Cristóbal Balenciaga, Hubert Givenchy são alguns dos nomes que mudaram a história da moda no mundo, causando a necessidade de uma mudança de patamar na indústria de produtos para maquilagem. E a partir daí a gente já sabe mais da historia, quando os estilistas lançavam suas roupas, as cores dos tecidos ditavam a tendência das maquiagens e por ai vai! Os anos 50 com o fim da guerra a maquiagem volta com tudo. pele pálida, lábios realçados e olhar delineado, nos anos 60 é o auge já que a juventude era o ponto alto dessa década e os fabricantes começaram a caprichar mais nas embalagens. Os anos 70 foram marcados pela revolução das cores, nos 80 os pigmentos evoluíram e surgiu as preocupação com a proteção solar e o envelhecimento da pele, já que naquela época a maquiagem era muito pesada e danificava a pele com o uso constante. Os tons flúor reinavam nas roupas e nas maquiagens e hoje se apresentam como tendência do inverno mais uma vez, e não para nunca, as novidades e tendências estão  sempre atualizadas nas ruas e nas passarelas! Nos últimos tempos a maquiagem mineral tem sido muito destacada e acabamos voltando para época de Cleópatra onde se faziam pigmentos do mineral malaquita!

A preocupação com a beleza é tão antiga quanto a história da humanidade. A busca pelo equilíbrio e pelo belo faz parte da essência humana. Obviamente o conceito de beleza muda de cultura para cultura e de tempos em tempos. Mas as provas de que a aparência sempre foi usada como um instrumento de dominação e também como um poderoso meio de comunicação – com o mundano e com o sagrado – são claras e inequívocas através dos séculos

Os dois últimos anos misturam todos os possíveis estilos de moda e maquiagem. Trazem a classe e a elegância do início do século, a delicadeza sexy dos anos 60, a irreverência dos anos 80 e a "apatia" em tom de protesto dos anos 90. Mas e esse ano? Qual a tendência do verão 2010/2011? Isso vocês vão saber no próximo post! Um Xero!

                                                      Fonte: internet e revistas!


3 comentários:

  1. Que loucura, misturar pigmento com chifre de veado moído!kkk Desde a antiguidade que mulher não para de inventar! Ah, nós mulheres.......
    Adorei!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não sabi que a maquiagem era tããão antiga! Nossos agradecimentos à Cleópatra...

    Toda mulher ama maquiagem!!! Ainda bem que tiveram essa brilhante idéia!

    ♥...Bjinhuuss...♥

    ResponderExcluir
  3. AVe Cleopatra! a bixa num valia nada mas tinha ótimas idéias!!! ahuahauhau

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, elogio e sugestão! Farei o possível pra atender a todos! Obrigada!